Governo pode usar equipamentos das Forças ARMADAS para BLOQUEAR celulares da POPULAÇÃO.

fevereiro 25 00:02 2016

Resolução da ANATEL diz que Governo pode usar equipamentos das Forças ARMADAS para BLOQUEAR celulares da POPULAÇÃO. 

governo bloquear celulares

O governo FEDERAL tem agora a prerrogativa de bloquear as comunicações por meio de telefones celulares se julgar isso necessário. A Anatel, agência reguladora de telecomunicações no Brasil, autorizou o uso de equipamentos das Forças Armadas para bloquear chamadas de telefones móveis.

decreto anatel bloqueio de celulares no BRASILA autorização foi a princípio direcionada para os jogos olímpicos  e só se aplicaria aos casos de suspeita de TERRORISMO. Mas, a nova regra pode ser usada para as operações de GLO (garantia da lei e da ORDEM). Alguns governos, como o de NICOLAS MADURO, considerado autoritário, são acusados de bloquear comunicações por telefones celulares para evitar a organização de manifestações da oposição.

Em países como o Paquistão é comum que, após relatórios de inteligência informarem da possibilidade de atentados, a telefonia móvel seja interrompida.

A questão tem dois lados.

Seria aconselhável um bloqueio das comunicações em caso de grande risco? Em momentos críticos os profissionais de segurança tendem a tentar interromper a comunicação entre membros de grupos terroristas. Contudo, alguns ADVOGAM EM CONTRÁRIO, alegam que após momentos de grande crise é comum surgir relatos de pessoas que prestam, anonimamente ou se identificando, informações relevantes à polícia e outras que foram salvas justamente porque NÃO HOUVE bloqueio de celulares e telefonia fixa. 

A informação não foi ainda amplamente divulgada no país. Mas é mencionada em alguns jornais do planeta, como El Pais e, no Brasil, Revista Sociedade Militar. Acredita-se que a sociedade brasileira cada vez mais repele a intromissão do governo na vida civil e que por isso a informação de que o governo teria o poder para interromper comunicações interpessoais poderia derrubar mais ainda a credibilidade de Dilma Roussef, ao mesmo tempo que apimentaria a discussão sobre os limites do poder público sobre a vida privada.

O Pesadelo dos Políticos.

Share Button

Comentários no Facebook